Array ( [0] => [1] => instrumento [2] => 0boe )
Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php:8) in /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php on line 42

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php:8) in /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php on line 42
FUNDEC - FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL DE SOROCABA
Image 1 Image 1

Oboé

Oboé

 

Oboé é um instrumento musical de sopro da família das madeiras. O corpo do oboé é feito normalmente de madeira (ébano) e tem formato ligeiramente cônico. Tem uma palheta dupla. Uma pequena e delgada tira de uma cana especial é dobrada em dois e um pequeno tubo de metal (staple) é colocado entre os dois lados da tira dobrada, a qual é então passada em volta do tubo e firmemente amarrada a ele. A parte dobrada da tira é cortada e as duas extremidades, delicadamente desbastadas, constituindo então a palheta dupla. O tubo de metal encaixa-se em uma base de cortiça que é firmemente fixada na extremidade superior do oboé.
 
O músico que toca o oboé é denominado “oboísta”. Ele coloca a extremidade da palheta dupla entre seus lábios, retraindo-os levemente para dentro da boca sem tocar nos dentes. O instrumentista deve manter um sopro contínuo entre as duas extremidades da palheta dupla, colocando-as assim em vibração, uma contra a outra (da mesma maneira que as bordas de uma folha dobrada vibram quando apertadas entre os dedos e sopradas). A vibração das duas canas coloca a coluna de ar existente dentro do oboé também em vibração, produzindo deste modo as notas.
 
As notas graves do oboé são densas e ricas; as mais agudas, rarefeitas e penetrantes. O som do oboé é nasalado, característicamente mais áspero (mais palheta) quando comparado com o timbre claro e aberto da flauta.
 
O oboé tem uma extensão de notas menor que os outros principais instrumentos de sopro, mas é capaz de grande variedade de timbres e de estilos de tocar. Em melodias lentas, o oboé tende a soar melancólico.
 
Mas o oboé pode executar melodias alegres e chilriantes, com um timbre cortante e mordaz. Devido ao seu timbre penetrante, é o oboé que toca a nota lá, antes de o concerto começar, para que todos os outros instrumentistas afinem seus instrumentos.
 
Os oboés foram incorporados à orquestra por volta de meados do século XVII.

Últimas Notícias