Array ( [0] => [1] => noticia [2] => 16-02-2017+abertura+de+temporada+da+0rquestra+sinfa%EF%BF%BDnica+de+sorocaba+sera%EF%BF%BD+nos+dias+16+e+19+de+fevereiro [3] => 347 )
Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php:8) in /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php on line 42

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php:8) in /home/fundecsorocaba/www/_paginas.php on line 42
FUNDEC - FUNDAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL DE SOROCABA
Image 1 Image 1

16/02/2017 - Abertura de Temporada da Orquestra Sinfônica de Sorocaba será nos dias 16 e 19 de fevereiro

Abertura de Temporada da Orquestra Sinfônica de Sorocaba será nos dias 16 e 19 de fevereiro

Concertos na Sala FUNDEC abrem a temporada artística da Orquestra Sinfônica de Sorocaba

 

          Para abrir a temporada artística deste ano, em que a Fundação de Desenvolvimento Cultural de Sorocaba – FUNDEC comemora 25 anos de atividade, a Orquestra Sinfônica da Sorocaba preparou um concerto com repertório que inclui peças de nomes importantes da música instrumental, como Wolfgang Amadeus Mozart e Ludwig van Beethoven. As apresentações, agendadas para os dias 16 e 19 de fevereiro, às 20h e às 19h, respectivamente, serão realizadas na Sala FUNDEC.

          Sob regência do maestro Eduardo Ostergren, o concerto se inicia com a interpretação da Sinfonia Concertante para sopros e orquestra de Wolfgang Amadeus Mozart. Esta obra, escrita em 1778 apresenta o oboé, o clarinete, a trompa e o fagote como solistas, acompanhados da orquestra. É uma obra que dá aos integrantes deste naipe a oportunidade de exibirem seus talentos musicais e domínio destes instrumentos específicos. “Nesta nova temporada quero dar a oportunidade para todos os nossos músicos de se apresentarem como solistas. Afinal temos em nossa orquestra instrumentistas de alto nível técnico e artístico”, observa o maestro.

          Em seguida uma “Abertura para uma comédia não escrita”, do compositor canadense Healey Willan, obra curta, de natureza jocosa, escrita em 1951, partitura gentilmente cedida pelo Conselho de Artes do Canadá e o Centro de Música Canadense.

          Encerrando o concerto, a sinfônica executará a “Sinfonia no 1 em Dó maior de Ludwig van Beethoven, obra consagrada que é um marco no desenvolvimento do repertório sinfônico. Ostergren escolheu esse repertório por conta das músicas entusiasmadas que servem como estímulo para os músicos e despertam no público vibrações positivas. “Esse repertório é sério, mas também jovial e alegre que agrada a todos. Em momentos de crise, são as artes que nos oferecem refúgio e conforto. É o que estamos procurando oferecer ao nosso público”, finaliza o maestro.

 

 

Dos solistas

 

Gilmar de Campos - oboé

          Iniciou os estudos musicais no Conservatório Henrique Castellari da cidade de Salto. Participou de festivais nas cidades de Tatuí, Curitiba e Itu; possui bacharelado em Música pela Unicamp. Membro da Orquestra Sinfônica de Sorocaba desde 2000, também desenvolve atividades como instrumentista e professor na mesma instituição em que iniciou os estudos (duo Palhetas Duplas e Piano, chefe de naipe das madeiras na orquestra do Conservatório). Atua também como multi-instrumentista e possui trabalhos nas áreas de arranjo e composição (autor de um ciclo de 10 obras para oboé e piano, obras para violão solo, uma ave Maria para órgão, coro e solista e uma fantasia para piano e orquestra em quatro movimentos concluída em janeiro de 2017, ainda sem data definida para estréia).

 

Luciana Silva - clarinete

          Natural de Guarulhos, iniciou seus estudos musicais no Conservatório Municipal de Arte, na mesma cidade. Posteriormente estudou no Conservatório de Tatuí, orientada por Ely Jacob Hessel. É Bacharel em Música pela Universidade de São Paulo, orientada por Luís Afonso 'Montanha'; foi professora-assistente no antigo Curso de Difusão Cultural, promovido pela mesma instituição. Frequentou aulas e master-classes com clarinetistas de projeção nacional e mundial, como Sérgio Burgani, José Botelho e Maurício Loureiro; Walter Boeykens (BEL/HOL), Alain Damiens e Michel Lethiec (FRA), entre muitos outros. Trabalhou com maestros de expressão nacional e mundial, tanto em orquestras quanto bandas sinfônicas: Carlos Moreno, Cláudio Cruz, Edson Beltrami, Mônica Giardini, Joaquim Paulo do Espírito Santo, Dante Azzolini (ARG/SUI), Richard Miles e Dwight Satterwhite (EUA), entre outros. Obteve várias premiações em concursos de música de câmara pelo Brasil com diversas formações, e tem participado ativamente dos maiores festivais de música do país. Participou de CDS gravados pela Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, assim como de apresentações com a Orquestra Filarmônica de Mulheres (Orquestra AVON) e grandes nomes da MPB, como Rita Lee, Vanessa da Mata e Milton Nascimento. Atualmente, além de ser clarinetista da OSS e professora de clarinete no IMMS, é convidada para master-classes, como os realizados em Indaiatuba e Caraguatatuba, festivais (1º Curso Master de Férias de Itu); tem atividades diversas de música de câmara, como o recital realizado em Piedade, com Ronaldo Rolim e Kayami Satomi.

 

Ivan Ferreira - fagote

          Natural de Jaú iniciou seus estudos musicais com o piano. Desde 1999 estuda fagote, instrumento com o qual teve oportunidade de participar de importantes festivais como o de Campos do Jordão, Londrina e Tatuí. Foi aluno de Professores renomados como: Fábio Cury, Renata Botti, Afonso Venturieri, Benjamim Coelho, Alexandre Silvério, Ricardo Aurélio de Oliveira, entre outros. É Bacharel em fagote pela Universidade de São Paulo-USP e Mestre em Música pela UFRJ. É membro da Orquestra Sinfônica de Sorocaba e da Banda Paulistana Filarmônica de Pasargada.

 

Rafael Proença - trompa

          Iniciou seus estudos musicais com o pai e o avô aos cinco anos de idade e posteriormente a trompa no Conservatório Dramático e Musical “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí em 1988. Já trabalhou com renomados músicos brasileiros, dentre eles Wagner Tiso, Toquinho, Guilherme Arantes, Altamiro Carrilho, Inezita Barroso, Zezé de Camargo e Luciano, Bruno e Marrone, Luiz Melodia e outros de música Gospel como Grupo Prisma Brasil e Nosso Amiguinho. Atualmente é professor do curso de trompa em Tatuí e Instituto Municipal de Música de Sorocaba, músico da Banda Sinfônica do Conservatório de Tatuí, da Orquestra Sinfônica de Sorocaba e também da Orquestra Sinfônica de Botucatu, exercendo sempre o papel de 1ª trompa.

 

 

SERVIÇO

Concertos da Orquestra Sinfônica de Sorocaba

Dias 16 e 19 de fevereiro, às 20h e às 19h

Entrada: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (meia-entrada)

Os ingressos para o espetáculo de 16 de fevereiro poderão ser comprados apenas no dia do evento, a partir das 8h30. Para o concerto de domingo, a venda de ingressos será realizada na sexta-feira anterior (17/02), das 8h30 às 18h. No dia do evento, ingressos remanescentes serão vendidos com uma hora de antecedência.

 

Local: Sala Fundec (Rua Brigadeiro Tobias, 73, Centro)

Telefone: (15) 3233-2220

Últimas Notícias